Um blog do Travellerspoint

Paris - Versailles - Paris

Quinto dia (sexta-feira, 08.05.09)

No último dia em terras francesas, resolvemos conhecer Versailles.
Pegamos o metrô, trocamos para um RER e cerca de 40 minutos depois, chegávamos à estação do palácio.
Descemos perto de uma pracinha com um Starbucks, seguimos as placas e o fluxo de turistas por algumas ruas, até que avistamos o palácio.
Ônibus, ônibus e mais ônibus parados numa espécie de pátio extra-muros. Mais ao longe, um grande muro pelo qual se misturava uma grade dourada já nos dava uma idéia do que estava por vir.

DSC02861.jpg

Atravessa-se o portão, entra-se num grande pátio e com alguma imaginação já se pode sentir um pouco do que deve ter sido a vida por ali.

DSC02863.jpg

DSC02866.jpg

Tudo é superlativo. As construções são gigantescas, os jardins perdem-se de vista, as cores são muito vivas, o dourado é exagerado e as filas são igualmente impressionantes.

Não se pode entrar com mochilas. Escolhe-se um dos diversos tipos de ingressos oferecidos (Para o site oficial do Palácio, clique aqui), pode-se pegar um audio-guia - que você acaba dispensando a partir da 14ª ou 15ª sala - e, mais uma vez, segue-se o fluxo, tentando correr dos grupos guiados que acabam lotando cada sala. Guias barulhentos e bem pouco educados não são infrequentes.

DSC02878.jpg

De novo somos remetidos aos livros de história. Tudo cheira a Maria Antonieta. Ela está nas pinturas, esculturas, nos postais, chocolates, lápis, canetas, bottons e é impossível não identificar locações usadas no filme da Sofia Coppola (ao que parece, o governo francês concedeu à equipe de filmagens uma permissão especial para que rodasse cenas no Palácio e apesar do Salão dos Espelhos estar em restauração na época das filmagens, a diretora conseguiu permissão para rodar no local a cena de baile do casamento entre Maria Antonieta e Luís XVI) - Para saber sobre o filme, clique aqui.

DSC02953.jpg

E por falar em Salão dos Espelhos, onde foi assinado o Tratado de Versalhes ao fim da Primeira Guerra Mundial, olha ele aí:

DSC02936.jpg

Terminada a visita dos interiores do palácio principal, pesseamos pelos jardins, com seus lagos e fontes...

large_DSC03148.jpg

Pegamos um trenzinho e partimos para visitar o Grand e o Petit Trianon e, a partir dele, os "domínios da Rainha".

DSC03096.jpg

Desde a sua subida ao trono, Luis XVI ofereceu o Petit Trianon à esposa, Maria Antonieta, dizendo: "Vós amais as flores, Senhora, tenho um bouquet a oferecer-vos. É o Trianon."

Z1q83lhe.jpg

Maria Antonieta empreendeu numerosas obras no palácio e no seu domínio, como a construção do seu teatro, do salão de música, do Templo do Amor...

Z1u5fq6g.jpg

... e da Aldeia da Rainha, com um lago artificial e onze cabanas...

Zuxvvcd.jpg

DSC03114.jpg

Zrptwfi.jpg

... com hortas, pomares, pequenos jardins cercados e um farol.

Na verdade a idéia era manter um refúgio onde Maria Antonieta pudesse se afastar da corte e criar seus herdeiros dentro de um espírito campestre.

Publicado por wbelisario 20:53 Arquivado em França Tagged paris versailles

Envie por email este textoFacebookStumbleUpon

Índice

Seja o primeiro a incluir um comentário sobre este texto.

Comments on this blog entry are now closed to non-Travellerspoint members. You can still leave a comment if you are a member of Travellerspoint.

Informe abaixo os detalhes da sua conta no Travellerspoint

( O que é isso? )

Se você não é ainda um membro do Travellerspoint, inscreva-se grátis.

Inscreva-se no Travellerspoint