Um blog do Travellerspoint

Londres

Oitavo dia (segunda-feira, 11.05.09)

No último dia, ainda cedo, pegamos o metrô até a estação Baker Street, em Marylebone, próximo ao Regents Park.
Baker Street... alguém adivinha?

DSC03812.jpg DSC03838.jpg

Elementar: Sherlock Holmes Museum! Uma casa que "reconstrói" a casa/escritório do mais famoso detetive do mundo, com direito a tirar foto de lupa na mão e chapéu de Sherlock. E reproduz em imagens de cera algumas cenas dos livros mais famosos de Sir Arthur Conan Doyle (essa parte, confesso que achei um pouco bizarra). Na saída, ursinhos, chocolates, postais e tudo mais que se pode comprar com as referências óbvias da lente e do chapéu. Pra quem se interessar, segue o site.
Vale como um passeio rápido e um bom aquecimento para o imperdível Madame Tussauds, esse sim, imperdível, e ali do lado:

DSC03897.jpgDSC03918.jpgDSC03920.jpg

Antes de ir, pensei que fosse uma bobagem, meio sem graça. Inocência a minha. Mais uma vez, uma mega estrutura, com tudo muito bem cuidado e criado para quase que forçar a sua (paradoxo?) interação com as "estátuas". Os britânicos realmente arrebentam em matéria de produção e entretenimento.

DSC03934.jpg

Saindo de lá, almoço, caminhadinha pelas ruas próximas...

DSC03945.jpg

... e metrô rumo ao British Museum, na afastada Bloomsbury. Entra-se por uma espécie de foyer coberto por uma estrutura de aço e vidro que já vale a visita (pros arquitetos de plantão, obra de Sir Norman Foster):

DSC03946.jpg

Dali, segue-se por umas escadarias, sala após sala, passando por arte antiga egípcia, grega, romana, chinesa, persa e o que mais se quiser ver.

DSC03951.jpg

São tumbas, múmias, vasos, estátuas sem cabeça, sem braços, sem pernas, templos inteiros e outras tantas coisas que talvez estejam mesmo melhor conservadas ali, aos cuidados dos ingleses.

DSC03960.jpgDSC03963.jpg

E pra despedir da cidade, antes de um jantarzinho no bar do hotel, fomos conhecer o Absolut Ice Bar:

DSC04008.jpg
DSC04009.jpg

Vale a visita. Entra-se por um bar tradicional meio escondidinho numa ruela próxima à Regent Street. Paga-se um valor que eu não me lembro qual foi, mas que dá direito à entrada no Ice bar e a um drink. Passa-se por uma câmara frigorífica prévia pro corpo ir se ambientando, veste-se essa mega capa azul (acho que tem um sapato especial também) e pronto: chega-se ao bar, onde tudo (exceto o cardápio, de metal) é feito de gelo. O balcão, as mesas, os copos, o chão. Gelo. Tudo gelo. Fotos, drink, papo com outros visitantes e, em menos de 40 minutos (que, por isso mesmo, é o tempo limite de permanência) o corpo pede clemência.
Pronto, Londres. Já fomos apresentados. Beijo, me liga ;)

Publicado por wbelisario 20:56 Arquivado em Reino Unido Tagged londres

Envie por email este textoFacebookStumbleUponRedditDel.icio.usIloho

Índice

Seja o primeiro a incluir um comentário sobre este texto.

Comments on this blog entry are now closed to non-Travellerspoint members. You can still leave a comment if you are a member of Travellerspoint.

Informe abaixo os detalhes da sua conta no Travellerspoint

( O que é isso? )

Se você não é ainda um membro do Travellerspoint, inscreva-se grátis.

Inscreva-se no Travellerspoint